O Transporte

Para transportar cavalos em caminhões, vários cuidados devem ser tomados. Independentemente da distância e do tempo de duração da viagem, os cavalos devem estar com as quatro patas protegidas e dependendo do tamanho e do comportamento do cavalo é aconselhável usar um protetor de cola também. Em longas distâncias é muito importante a oferta de àgua para o animal. Os cavalos viajam em pé e portanto o cuidado ao dirigir deve ser redobrado. Conhecer os animais, seus temperamentos e comportamentos faz toda a diferença para uma viagem de sucesso, uma vez que eles viajam em box um ao lado do outro. Assim, por exemplo não se deve colocar dois cavalos mais agitados um ao lado do outro, bem como deve-se colocar cavalos mais assustados com o campo de visão no sentido contrário ao movimento mais forte da estrada.Para longos trajétos o aconselhável é fazer um pernoite em algum local no meio do caminho que permita que os cavalos desçam do caminhão e descansem em cocheiras, para depois seguir viagem. No caso os cavalos que estão indo de Porto Alegre para São Paulo, fazem uma parada em Curitiba. Também tem a questão relacionadas à documentação. Cada cavalo deve ter o laudo dos exames exigidos pelo Ministério da Agricultura, GTA (Guia de Transporte Animal), passaporte emitido pela Confederação Brasileira de Hipísmo e declaração do objetivo da viagem que é a competição equestre.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.